Cap-Mor Manoel Lourenço de Andrade

Conheça também…

Genealogia

Manoel Lourenço de Andrade foi bandeirante, oficial vereador na vila de São Paulo e fundador da vila de Nossa Senhora da Graça do Rio São Francisco, atual cidade de São Francisco do Sul, em Santa Catarina.

Nasceu por volta de 1614 em Portugal na cidade Lamego filho de Manoel Lourenço e Branca de Andrade e foi casado com Maria Coqueiro, filha do capitão-mor Gaspar Coqueiro e Maria Duarte (ou Mecia Duarte). Faleceu em São Francisco do Sul no ano de 1665, e foi enterrado na Igreja Nossa Senhora da Graça.

Descendência

Isabel Rodrigues Velho, casada com o abastado fidalgo Luis Rodrigues Cavalinhos. Participou ativamente da vida política de São Paulo, inclusive da famosa “botada dos padres fora” e da aclamação de Amador Bueno como “rei de São Paulo”.

Fundador da Vila de São Francisco do Sul

Capitão Manoel Lourenço de Andrade foi fundador e o primeiro Capitão-Mor da Vila de São Francisco.

Em 1658, após obter autorização do Marquês de Cascais, donatário da Capitania de Santana, para povoar a ilha de São Francisco do Sul, partiu com a família e agregados para o local, onde fundou o povoado de Nossa Senhora da Graça do Rio São Francisco, promovido a vila em 1660.

Assim, em 1658, Manuel Lourenço de Andrade, natural de Lamego, 8 filho de Manuel Lourenço e sua mulher, Branca de Andrade, chega a São Francisco do Sul, trazendo em sua companhia mulher e filhos, seu genro, Luís Rodrigues Cavalinho, grande número de agregados e escravos, gado, instrumentos agrícolas e ferramentas para a exploração de minas. Como os demais colonizadores, Andrade era cheio de audácia e intrepidez, de uma perfeita integridade moral e possuía as melhores qualidades de caráter. Manuel Lourenço de Andrade fundou definitivamente a povoação, que mais tarde viria a tornar-se vila florescente, e por fim, em cidade progressista. Marranos em São Francisco do Sul. Por Haroldo Pacheco da Silveira Santos. 28 de janeiro de 2006. 

Distribuiu os colonos pelas terras circunjacentes e deu início às primeiras plantações de cana, algodão e mandioca, além de estimular o nascimento da indústria de cordas e da construção de barcos. O lugar ganhou grau de paróquia pela Igreja Católica em 1665, com a chegada do primeiro vigário, Padre Manoel dos Santos.

Falecimento

No mesmo ano (1665) Capitão Manoel Lourenço de Andrade faleceu em São Francisco do Sul, pedindo em seu testamento para ser sepultado no arco cruzeiro da igreja local, diante da imagem de Nossa Senhora da Graça.
Foi um dos maiores bandeirantes do período de expansão portuguesa ao litoral sul do Brasil e um político da rara habilidade.

Fontes

Anúncios

12 Comments

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s