Berbigão – Uma carne saborosa de São Francisco do Sul

Uns dos alimentos principais da Ilha de São Francisco do Sul é o Berbigão. Um molusco de foma arrendondada, geralmente de cor branca ou cinza com manchas escuras, alguns mais seletos de tons escuros, que crescem nas areias das praias da cidade.

Conheça também…

origem

Os indicios da origem do Berbigão nas praias da Ilha de São Francisco do Sul se remete desde o descobrimento da Ilha. Muitos arqueologos em suas descobertas já encontravam vestigios de cascas na terra e solos de sitios arqueológicos. Seu nome científico é “Cerastoderma edule” ,

Ostras e berbigões encontrados em sambaquis. Fonte: http://www.lagamar.net.br

O sítio arqueológico Rocio Grande II foi caracterizado por três concentrações de carapaças de moluscos, entre as quais dominam as de Anomalocardia brasiliana (berbigão) e Crassostrea sp. (ostra), ocorrendo em menor número Tivela sp. (amêijoa), todas associadas a fragmentos de cerâmica, louça e vidro em superfície.

Patrimônio Cultural de São Francisco do Sul.

Fonte de Renda

Os moradores que vivem nas praias da Ilha, atuam com turismo e muitas vezes vezes vivem da pesca local e cultivo de mariscos e moluscos.

Mulheres tirando berbigão da praia no Balneário de Paulas.

Antigamente a pratica de tirar berbigão da praia para ajuda na fonte de renda das famílias era muito comum. Os homens iam pescar e as mulheres iram tirar berbigão e outros moluscos na praia.

Antigamente, isso há uns 10 anos atrás havia muito berbigão nas seguintes localidades:

  • Praia do Paulas (Balneário de Paulas)
  • Praia do Calixto (Balneário de Paulas)
  • Praia das Varizes (Balneário de Paulas)
  • Praia do Lixo em SFS ( Bairro Rocio Grande )
  • Praia do Marquinho em SFS (Balneário do Capri)

Infelizmente com o passar o tempo, pessoas vieram com máquinas preparadas para tirar o molusco do solo, levando grandes e pequenos , não deixando “brotos” para continuar o seu desenvolvimento na areia, assim tornando escasso e cada vez mais raro de se encontrar.

O Governo do estado desde da década de 2000, está realizando acompanhamento rotineiro das praias de São Francisco do Sul e devido a poluição acabou por diversas vezes interditando as praias. Atualmente nenhuma praia está liberada para retirada do molusco.

Papa-Berbigão

A retirada dos berbigão nas praias era de forma manual, sem artefatos ou qualquer ferramente. Geralmente era usado pequenas colheres para cavocar o chão da areia para pegar os mais graúdos. Os menores eram deixados de lado, para ter tempo para crescerem e também depois servir para alimento. As famílias iam até as praias ao final do dia, era uma espécie de lazer para todos de qualquer idade, sexo, raça ou religião.

Berbigão na praia.

Lembro muitas vezes que minha avó Nalzira, tia Tereza, minhas tias Angela, Maria (irmã e cunhada de minha mãe), minha mãe Tere, eu e meus primos – iamos com balaios e panelas, que ajudava a fazer o transporte dos berbigões da praia até em casa, colheres e pereiras para separar a areia, pedras, cascas do berbigão. Muitas vezes ficavamos cavocando o chão até achar eles. A diversão era completa!

Fernando Geovane Hinsching

Preparo (Pratos e Cozidos)

O Berbigão pode ser usado em diversas receitas do litoral catarinense, desde um simples pirão de agua com berbigão fervido à um molho especial com arroz e acompanhamentos.

O preparo inicia-se com o cozimento do berbigão com água fervente e sal, até a sua casca abrir. O tempo de demora para o cozimento em média é 30 minutos. Retirar a água da panela e deixar esfriar, para que possa retirar a carne dentro da casca.

Carne do Berbigão.

Após o berbigão fervido na casa de praia, nos reuniamos em volta da mesa com uma grande de panela ao centro, e iamos pegando um a um e retirando a carne dentro da casca. Minha avó Nalzira era a “descascadeira” oficial da família. A facilidade e agilidade dela de anos, fazia ela encher o pote com as carnes rapidinho.

Fernando Geovane Hinsching

Pode ser servido ao molho, com ou sem sua concha, e também feitos outros pratos como impadões e o saboroso pastel de berbigão.

Receitas

PASTEL DE BERBIGÃO

Pode ser preparado em 30 minutos.

Ingredientes

  • 300g de berbigão limpo
  • Requeijão
  • 1/2 cebola
  • 1/2 lata de molho de tomate
  • 400g de massa para pastel

Modo de preparo

  • Pique a cebola bem fininha e refogue em uma panela com margarina.
  • Lave bem o berbigão e leve ao fogo junto da cebola e do molho de tomate.
  • Deixe cozinhar por aproximadamente 10 minutos, adicionando um pouco de água caso o molho fique muito seco antes do tempo. Lembrando que ao final o molho deve ficar seco.
  • Tempere a gosto.
  • Na massa de pastel adicione 1 colher de requeijão e preencha com o berbigão.
  • Agora é só fritar.

RISOTO DE BERBIGÃO DA ILHA

Receita elaborada por: Cintia Pinheiro e Rosa Helena Gaio
Rendimento: 4 a 5 porções
Tempo aproximado de preparo: 30 minutos

Ingredientes

  • 1 kg de berbigões sem conchas
  • 1 cebola cortada em cubos pequenos
  • 1 tomate (sem pele e sem sementes) cortado em cubos pequenos
  • 2 dentes de alho picados
  • 1 maço de salsinha picada
  • 2 colheres (sopa) de manteiga
  • 4 xícaras (chá) de arroz cozido
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • Sal a gosto

Modo de Preparo

  • Em uma frigideira, aquecer a manteiga para fritar o alho e a cebola.
  • Juntar o berbigão e o tomate. Cozinhar por 5 minutos.
  • Temperar com sal e pimenta.
  • Adicionar o arroz cozido. Misturar bem.
  • Desligar o fogo.
  • Se necessário, corrigir o sal e a pimenta.
  • Finalizar com a salsinha.

MASSA AO VÔNGOLE

Receita elaborada por: Ernani Meira Júnior
Rendimento:
  2 a 3 porções
Tempo aproximado de preparo: 30 minutos

Ingredientes

  • 1,5 kg de vôngoles com as conchas
  • 400 g de massa tipo spaghetti
  • 1 maço de salsinha picada
  • 100 ml de azeite de oliva
  • 3 dentes de alho picados
  • 2 colheres (sopa) de vinho branco seco
  • Tomates cereja cortados ao meio a gosto
  • 150 g de nata (ou creme de leite fresco)
  • Sal a gosto

 Modo de preparo

  • Em uma panela aquecer 30 ml de azeite de oliva e um dente de alho.
  • Juntar os vôngoles na panela e cobrir com água fervente.
  • Cozinhar até as conchas se abrirem.
  • Retirar com uma escumadeira e desprezar as que não abrirem.
  • Reservar o líquido resultante do cozimento.
  • Manter os vôngoles nas conchas.
  • Em uma frigideira grande, aquecer o restante do azeite para dourar dois dentes de alho.
  • Acrescentar o vinho, os vôngoles, o líquido do cozimento, o sal e a salsinha.
  • Mexer e reservar.
  • Cozinhar a massa de acordo com as instruções da embalagem e escorrer.
  • Adicionar a massa cozida à frigideira com os vôngoles.
  • Retirar o excesso de líquido.
  • Cortar quatro pedaços grandes de papel alumínio ou manteiga.
  • Separe a massa em quatro porções e coloque sobre os pedaços de papel.
  • Decorar com os tomates cereja e juntar um pouco da nata em cada um.
  • Fechar bem o envelope.
  • Dispor os envelopes em uma assadeira e levar ao forno pré-aquecido (temperatura: 180°C) por 5 minutos.

MOQUEQUINHA DE BERBIGÃO

Receita elaborada por: Alexandre Fusinato
Rendimento:
 4 a 5 porções
Tempo aproximado de preparo: 40 minutos

Ingredientes

  • 1 Kg de berbigões sem conchas
  • 1 tomate cortado em rodelas
  • 1 cebola cortada em rodelas
  • 1 pimentão vermelho cortado em rodelas
  • 1 pimentão verde cortado em rodelas
  • 1 pimentão amarelo cortado em rodelas
  • 3 colheres (sopa) de azeite de dendê
  • Coentro picado a gosto
  • 3 pimentas-de-cheiro picadas
  • 200 ml leite de coco
  • Sal e pimenta-do-reino a gosto

 Modo de preparo

  • Em uma panela de barro, aquecer o azeite de dendê.
  • Colocar a cebola, o tomate e os pimentões.
  • Juntar o berbigão, o sal e a pimenta-do-reino.
  • Deixar esse refogado apurar por aproximadamente 15 minutos, com a panela tampada.
  • Acrescentar o leite de coco e a pimenta-de-cheiro. Cozinhar por mais 5 minutos.
  • Finalizar com o coentro.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s