São Francisco do Sul – Fotos antigas

Conforme alguns livros mencionam, São Francisco do Sul foi descoberta em 05/01/1504, pelo navegador francês Binot Paulmier de Gonneville – tal fato histórico ainda aberto de comprovação. A partir da chegada Cap. Mor Manoel Lourenço de Andrade em 1658 acompanhado com casais portugueses para realizar povoamento na Ilha de São Francisco do Sul, o governo da Vila, seguiu uma geração dos capitães-mor por quase 200 anos.

Foto Capa: São Francisco do Sul em 1852.

Agradecimento em especial, a Marli Silva Avancini em promover o grupo São Francisco do Sul e suas histórias no Facebook e encontramos essas raridades.

São Francisco do Sul é cercado de lendas, histórias, contos e claro fotos antigas para retratar nossa querida cidade.

Conheça também…

Estação Ferroviaria

Estação de Trem que realizava a viagns de pessoas até Joinville e regiãi e também transportava mantimentos e animais. A localização da estação antigamente ficara a 100 metros da Rua Mascarenhas, e logo depois tinha uma ponte dos pedreiros quase ao lado do trilho. Hoje o acesso Hoje é em dia, se inicia a BR-280, tambem acesso até a primeira praia, do inglês. Na rua que divide hoje o trem de passaegeiros e o Porto é o acesso a Bela vista (rabo azedo). Leganda Ricardo Martins. Acervo Mateus Nickel .
Estão de Trem de passageiros. Muitas pessoas usavam esse meio de transporte para ir até Joinville. Ano: Decada de 1950.

Centro Histórico

Conheça mais sobre Centro Histórico a partir da sua Linha de Tempo

Rua Babitonga, antigamente conhecida como rua da Praia. Mercado Publico Municipal construído em 1900 a direita e aos fundos, a Matriz da cidade coma penas uma Torre. Acreditamos que seja antes de 1950. Acervo Dailton Almeida.
Antigamente na Rua Fernandes Dias.
O prédio a direita, mais escuro, é a atual propriedade do Sr. Schemmel. O casarão a esquerda é a atual loja Top Shopp. Onde está o aglomerado de pessoas, hoje tem o ponto de táxi. Esta foto foi registrada do Hotel Bela Vista. Minha avó morava próximo, na Anita Garibaldi. A descida onde estão os dois veículos é a rua prof. Joaquim Santiago.
Na esquina da esquerda, a construção baixa bem clara, ainda não havia sido construída a casa do meu avô Trajano Diogenes Lopes, hoje a casa da Norma viúva do Rudy. E o
telhado escuro que aparece por cima da referida casa é hoje o Hotel Kontique. Na outra esquina que hoje funciona o BB era a rádio onde trabalhava o então radialista Francisco Mascaranhas.A foto deve ser pelo menos do início dos anos 30 pois nem existia a casa no meu avô que foi construída nos meados deste ano e antes do meu nascimento em 1940. A prefeitura da cidade foi construída no terreno baldio, em frente a casa branca. (Legenda Ernesto Oliveira S. Thiago Filho). Acervo: Luiz Ricardo Ozorio.
Antiga Praia das Palmeiras, agora conhecida como Praia do Motta.
Nossa cidade por volta de 1900. Foto cortesia do Sr. Joel Assef (GG). O meu amigo, o Major Alvaro da Costa Pereira (irmão da Dona Clara Amelia nascido em 1900) morou naquela casinha para a direita do poste de iluminação. Quando crianca, ele gostava de tomar banho na praia bem em frente. Alias a Rua Babitonga se chamava no século 19, Rua da Praia. Acervo GD Hostins.
Antigo trapiche da Babitonga. – Nossa São Francisco do Sul de Ontem. – É muito antiga viu? – Não diz o ano, mas percebi que alguns prédios ainda eram de um só pavimento. Acervo Monique de Oliveira.
Centro Histórico.
Centro Histórico de São Francisco do Sul. Aos fundos Igreja Matriz da cidade. Ano 1950.
Rua Babitonga. Acervo Monique de Oliveira.
Antigo Cinema Maraja, hoje funciona o Cinema X de Novembro. Ano 1950.
Rua Babitonga. Ano possivelmente em 1920 a 1930.

Matriz Nossa Senhora da Graça

História da Igreja(clique aqui)

Altar
Altar da Igreja Matriz. Ano 1949 – Acervo: Lygia Tavares de Carvalho
Altar de Madeira da igreja Matriz N.S. da Graça , teve 3 altares . O primeiro em madeira identico o atual , foto de 1914. Acervo Luizão Vieira.

Porto São Francisco do Sul

Antigo Porto de São Francisco do Sul no ano de 1900. Aos fundos Igreja São José ou Hospicio.
Esta era a família ECKSTEDT. No porto de São Francisco do Sul
Data aproximada 1915. Foto cedida por Dilney Cunha
O Porto de São Francisco do sul nas décadas de 50-60, dos arquivos do nosso querido Luiz Miranda.
Durante a Obra no Porto de São Francisco do Sul.
Construção do atual Porto de São Francisco do Sul.
Este era o antigo Santista, atual Terminal de Turismo. O primeiro trapiche é defronte ao Clube XXIV de Janeiro. O prédio do Terminal aparece pequena parte superior. Lembro muito bem desta área nos anos 50. Passava todos os dias depois da Escola, pra pegar o Jornal de Joinville. Leganda Paulo Roberto.
A Empresa Hoepcke possuia 2 rebocadores o São José e o Oscar este um pouco menor. Trapiche dos Hoepcke. Legenda Luiz Antonio Honotório.
São Francisco do Sul – SC – Brasil – Porto do Santista, embarcava erva-mate, madeira. O prédio existe…atualmente é o terminal marítimo. Na época quem construía era o Sr. Otto Delistch casado com Emma Schmalz. Acervo Anna Lebsa.
Antigo Porto de São Francisco do Sul, aonde funcionada a Hoepcke .

Mercado Publico

Cliquei aqui para conhecer mais a história.

Zepellin na cidade

Ano 1934.

MOrro da cruz

Conheça mais sobre esse assunto (Clique aqui)

Aos fundos Morro da Cruz e a Baia da Babitonga. Acervo Mateus Nickel .

Posto Gasolina Musse

Conheça mais sobre Posto Musse. (Clique aqui).

Posto de gasolina mais antigo de Santa Catarina. Sr. Geroncio Musse (Sr. Naino) socio fundador do posto de gasolina “Musse & Irmão” posto mais antigo de Santa Catarina. Foto pesquisa de Luiz Pereira. Ano 1938.

Ilhas

Antigo postal da Ilha da Paz de São Francisco do Sul. Ano 1950. Acervo Monique Oliveira.

Asilo de São Francisco do Sul

Antigo Asilo de São Francisco do Sul dirigido pela dona Filhinha.

Capela São José

Conheça mais sobre a história (Clique no link)

Antiga Capela São José e Hospicio.
Anúncios

11 Comments

  1. Olá, recebo seus e-mails e acompanho as postagens com muita atenção. Fiquei muito interessada pela postagem dos sepultamentos em São Francisco do Sul, mas tenho uma pergunta: Os sepultamentos anterior a 1933, como e aonde eram feitos? Porque meu avô faleceu em 1925, e não tenho ideia do local do sepultamento. Minha mãe contava histórias que o Cemitério ficava no morro, e depois mudaram para o atual local. Agradeço pela atenção. Leliana.

    Curtir

    1. Ola Leliana. Fico muito feliz que sempre está acompanhando meu trabalho.

      Nas últimas pesquisas realizadas em São Francisco do Sul, os sepultamentos realmente aconteciam aos arredores da Igreja Matriz. Para as pessoas que tinham mais dinheiro e ofertavam mais dizimos, eram enterrados ao lado da Igreja e os mais “pobres” eram enterrados mais distante da igreja.

      O local exato deles seria onde hoje fica a pracinha da igreja e a rua Prof. Joaquim Santiago (descida até Rua Marechal Deodoro). A partir da data de 1933 abriu o cemintério publico, onde todas as pessoas deveriam ser enterradas lá. Os ossários que ficaram ao redor da igreja, foram retirados (o que sobraram), colocados em caixas e sacos e enterrados no centro do ceminterio municipal, onde se tem uma cruz.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s