21 curiosidades de Joinville

Joinville é conhecida como a Cidade dos PrincipesCidade das FloresManchester CatarinenseCidade da Dança e Cidade das Bicicletas.

Além dos seus queridos apelidos, temos algumas curiosidades que somente nossa querida Joinville, têm!

Muito conhecida por diversos aspectos, seja na cultura, economia, geografia e até comportamento.

Curiosidades sobre Joinville

1- Cuca Alemã e Chinneck

A imagem pode conter: comida
Cucas – acervo da internet

Tradição que chegou através dos imigrantes alemães que aqui aportaram são: chineque (variação do pão doce), rollmops (peixe em conserva), cuca (inclusive temos festival de cucas) e orelha de gato (ou cueca virada).

A variedade de cucas é enorme na cidade que inclusive são provadas no Festival de Cucas realizado anualmente em outubro.

2- pets famosos

A imagem pode conter: nadando, atividades ao ar livre e água
Capivara – Acervo Ingo Hofmann

Para quem caminha ou anda pela “Avenida Beira Rio” – Avenida José Vieira – é comum encontrar filhotes de capivaras nas margens do Rio Cachoeira.

Outro animal bastante conhecido na cidade é um jacaré nomeado carinhosamente de Fritz. Ele passeia pelas margens do Rio Cachoeira.

3- praias, manguezal e vila de pescadores

A imagem pode conter: céu, atividades ao ar livre, natureza e água, texto que diz "Ingo Hofmann"
Mangue – Lagoa do Saguaçu- Acervo Ingo Hofmann

A Praia de Joinville está localizada no bairro da Vigorelli. O acesso pode ser feito de carro (indo sentido aeroporto de Joinville seguindo ao bairro, com estrada de asfalto e chao). O mar é banho pela Baia da Babitonga, o mesmo mar de São Francisco do Sul e Itapoá.

No bairro Espinheiros é cercado pelo manguezal e pode desfrutar de excelentes restaurantes de frutos do mar. Durante o trajeto na rua de asfalto, ao lado percebe até os caranguejos correndo em tempos de lua cheia.

No bairro Amaral, podemos ter a oportunidade de ver vila de pescadores que vivem da pesca ainda em Joinville. O bairro leva esse nome porque na década 30 a família Amaral era proprietária dessas terras. Desde 2014 transformada em Reserva de Desenvolvimento Sustentável

Na Vigorelli além de curtir a brisa do mar, também é possível fazer passeios de barco ou balsa. A balsa faz a travessia da cidade de Joinville até a Vila da Glória em São Francisco do Sul.

4- O vocabulário é diversificado

bandeira de joinville sc

Visitantes podem se perder na conversa com os nativos, que vez ou outra deixam escapar palavras como “zarco” (ônibus), “zica” (bicicleta), “égua” (espanto/admiração), “bobiça” (bobeira), entre outras…

5- cervejas especiais de qualidade

cerveja artesanal joinville

Joinville é berço de cervejarias conhecidas a nível nacional, como a Cervejaria Opa Bier. A fábrica da Cerveja Antarctica também já teve a sua sede na região. Na cidade, a variedade de sabores e estilos é garantida.

6- capital brasileira da dança

bailarinos dançando

Apesar de a cidade ganhar o título oficial somente em 2016, faz muito tempo que Joinville é vista como tal. O município sedia o Festival de Dança todos os anos (em julho), considerado o maior do mundo pelo Guiness (2005). Outro fato é que ela abriga a única filial da Escola de Balé Bolshoi fora da Rússia.

7- É conhecida como a Cidade dos Príncipes

Francisca de Bragança – Wikipédia, a enciclopédia livre
Retrato de princesa Francisca Carolina

Um dote de 25 mil léguas foi oferecido como presente de casamento à Princesa Francisca Carolina, (filha de D. Pedro I) e o Príncipe François Ferdinand Phillipe Louis Marie. Anos mais tarde o mesmo lote de terras foi vendido a Companhia de Hamburgo para iniciar a imigraçao alemão na cidade.

Portanto a cidade foi um dia presente de casamento do Principe de Joinville a e Princesa do Brasil e ficou conhecida como “Cidade dos Príncipes”.

8- Cidade das Flores

Nenhuma descrição de foto disponível.
Festa das Flores – acervo de Jaqueline Kruger

Alguns acreditam que Joinville tenha ganhado esse título devido à influência da cultura alemã – com o cuidado das plantas. Já outros atribuem os créditos para a região geográfica em que a cidade se encontra.

Todos os anos, Joinville promove a Festa das Flores, patrimônio histórico, artístico e cultural do estado, que atrai milhares de visitantes .

9- E Cidade da chuva (ou chuville)

chuva em Joinville

Em 2014, o Portal G1 divulgou uma pesquisa na qual Joinville se destacou como a cidade onde há menos dias de sol no país. Também não é raro ver alagamentos pela cidade em dias com grande volume de chuvas e maré alta.

Para se proteger, o guarda-chuva é item indispensável na bagagem do joinvilense.

10- sambaquis entre 2 a 6 mil anos

Foto: Prefeitura de Joinville
Foto: Prefeitura de Joinville

Os primeiros vestigios da cidade são entre dois a seis mil anos atrás, através dos diversos sitios arqueológicos encontrados (áreas com sinais de civilizações passadas). O Museu do Sambaqui é possível fazer visitações e conhecer esta parte da história da cidade.

Joinville uma referência arqueológica mundial.

11- são 26 festas/festivais inesquecíveis

A imagem pode conter: planta, atividades ao ar livre e natureza
Festa das Flores em 2019 – Acervo Heins Gross

Ao total, pelo levantamento realizado, são 26 festas e festivais que agitam os finais de semana:

  1. Festa das Flores (tradicional evento do calendário turístico e cultura de SC)
  2. Festival de Dança (Festival Nacional de Dança das Américas, reunindo diversos bailarinos na cidade)
  3. Festa do Colono Piraí
  4. Festa do Colono Rio da Prata
  5. Encontro Folclórico
  6. Festa da Colheita (Erntefest),
  7. Festa do Peixe da Água Doce
  8. Rodeio Crioulo Nacional
  9. Festa do Arroz
  10. Bandoneon Fest (encontro de músicos e admiradores do instrumento bandoneon)
  11. Festa do Tiro Rei
  12. Festa do Pato
  13. Festa do Cará
  14. Festa da Solidariedade
  15. Festa da Polenta
  16. Festival Brasileiro de Hemerocallis (tipo de planta)
  17. Opa Fest (Festa da cerveja)
  18. Schweinschiessenfest
  19. Festa do tiro ao porco.
  20. Festa da Banana
  21. Festival da Cuca
  22. Festival do Anthurium
  23. Festa do Aipim
  24. Festa da Polenta
  25. Stammtisch
  26. Festa das Tradições

12- famosos da cidade

calçada da fama

Algumas celebridades nacionais e até internacionais são joinvilenses:

  • Eduarda Henklein (Baterista Duda)
  • Jana make up (Youtuber ) 
  • Amanda Richter (atriz )
  • Juarez Machado (artista plastico, escultor, escritor)
  • Eduardo Fischer (nadador)
  • Ana Claudia Michels (modelo)
  • Germano Pereira (ator)

13- possuí 6 Cidades irmãs

A imagem pode conter: casa, atividades ao ar livre e água
Joinville-le-Pont na Prança. Acervo Ricardo Brenneisen‎

Joinville possuí cidades semelhantes a ela, com as quais realiza intercâmbio de experiências e conhecimento econômico, social e cultural. Entre elas:

  • Zhengzhou (China)
  • Chesapeake (Estados Unidos)
  • Spišska Nová Ves (Eslováquia)
  • Langenhagen (Alemanha)
  • Schaffhausen (Suíça)
  • Joinville-le-Pont (França)

Joinville-le-Pont localizado naFrança, a cidade irmã que divide seu nome com Joinville foi fundada em 1790, na França, ainda com o nome de Branche-du-Pont-de-Saint-Maur. Ela se tornou Joinville-le-Pont em 1831 e, com isso, o príncipe francês François Ferdinand virou o “príncipe de Joinville”, influenciando também no nome que ganharia a Colônia Dona Francisca, no Brasil, algumas décadas depois. Seus moradores são chamados de “Joinvillais” e, atualmente, são apenas 17 mil habitantes.

14- Teve os primeiros Bombeiros Voluntários do Brasil

A imagem pode conter: céu e atividades ao ar livre
Corpo de Bombeiros Voluntários de Joinville. Acervo: CBVJ

O primeiro Corpo de Bombeiro Voluntários no Brasil foi em Joinville no ano de 1892, como mostra o relato direto o site oficial. Desde os primeiros anos, atribuem esse pioneirismo ao comportamento solidário dos imigrantes que habitavam a cidade na época.

A fundação Sociedade dos Bombeiros Voluntários de Joinville ocorreu em 13 de julho de 1892, uma instituição pioneira no Brasil e resultado legítimo da cultura empreendedora e solidária dos imigrantes, sob o comando de Victor Muller. Em abril de 1893 chegou à cidade a primeira bomba manual para extinção de incêndios, adquirida na Alemanha. Como não existia sede, a bomba e os demais apetrechos eram guardados em uma casinha no centro da Colônia, na atual rua Comandante Eugênio Lepper.

http://www.cbvj.com.br/

15- É a 2ª cidade com a melhor qualidade de vida do país

passagem na rua jk joinville

Joinville foi apontada como a 2ª melhor cidade para se viver no Brasil, de acordo com pesquisa divulgada pelo Jornal A Notícia (2015).

Para estar nessa lista, foram avaliados critérios como saúde, educação, mobilidade digital e mercado de trabalho.

16- Tem vários Museus (e para todos os gostos)

A imagem pode conter: casa, céu, árvore e atividades ao ar livre
Museu dos Imigrantes – acervo de Gilmar Hofmann.

Joinville possui mais de 10 museus.

  • Museu dos Imigrantes
  • Museu de Arte
  • Museu da Bicicleta
  • Museu Nacional do Corpo de Bombeiros
  • Estação da Memória
  • Museu Casa Fritz Alt.

17- maior cidade de Santa Catarina

vista de joinville prédios

Joinville é a 3ª maior cidade do sul do Brasil, atrás somente de Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS).

  • Localização : norte do Estado de Santa Catarina
  • População: 597 658 hab (estimativa IBGE/2020)
  • Área total: 1 126,106 km²
  • Altitude: 4 metros acima do mar

18- polo industrial de Santa Catarina

mapa de joinville

A cidade é referência para as indústrias metalmecânica, de tecidos, de alimentos, softwares, eletrodomésticos, computadores e máquinas.

Joinville tem o maior PIB do estado. PIB (IBGE/2012) – R$ 18 299 283 mil e PIB per capita (IBGE/2012)

19- “Manchester catarinense” – apelido

A imagem pode conter: céu, casa, árvore e atividades ao ar livre
Metalurgia Otto Benack – acervo da família

Manchester é um importante polo industrial mundial e participou ativamente da Revolução Industrial. A comparação da cidade inglesa com Joinville se deve ao fato de que, entre as décadas de 1950 e 1980, a cidade catarinense se tornou um dos principais centros industriais do país, motivado pela ausência da importação de produtos industrializados da Europa.

  • Amanco (antiga Akros)
  • Döhler
  • Embraco
  • Tigre
  • Tupy
  • Totvs
  • Britânia
  • KaVo Dental
  • Krona
  • General Motors
  • Whirlpool
  • Wetzel
  • Laboratório Catarinense
  • Siemens

20- possuí uma Via Gastronômica

mesa com diversos alimentos

A Rua Visconde de Taunay é famosa pela diversidade de pubs, restaurantes (gastronomia mundial) e casas noturnas.

Todos os anos ocorre o Festival Gastronômico.

21 – Cidade das Bicicletas

Um passeio de bicicleta, nos anos 50, na zona rural da cidade. Foto do acervo de Lia S Ravache

Apesar do último apelido, estamos ouvindo cada vez menos, na década de 1970 através de uma reportagem do Jornal o Globo, chamou a carinhosa cidade Joinville de Cidade das Bicicletas, pelo 4.000 operários que transitavam pela cidade.

Trabalhadores da Fundiçao Tupy. Uma imagem que pode reproduzir a garra, amor, fé, em um futuro melhor para seus filhos, estampadas no sorriso dos rostos de homens trabalhadores, indepententemente da profissao, lugar de trabalho,status social, gentílico; indo ou vindo do seu trabalho, em um tempo (anos 60/70) no qual a paternidade em suas vidas ocorria à mais jovem idade.

Lúcia Hauptli.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s